Rock in Rio 2015 – O Rio em contagem regressiva

Compartilhe

Do Portal Betioli, Aline Oliveira

E mais uma vez o Rio de Janeiro será palco para um dos maiores festivais de rock do mundo, o Rock in Rio. Há 30 anos o país encontrava-se em plena transformação, após um longo período sob a ditadura militar, e caminhava para a democracia. Neste mesmo cenário iniciava-se todo um burburinho em torno do festival. Primeiro país da América do Sul a sediar um evento musical nesta magnitude, o Brasil mal sabia que o Rock in Rio seria eternizado, que viria a ser a maior referência em festival de rock do planeta.

rock-in-rio-201_2015-04-08-113949[3]

Na sua primeira edição em 1985, ocorrida na longínqua e até então pouquíssimo habitada Jacarepaguá, o evento recebeu 1.380.000 pessoas no espaço de 250 mil metros quadrados. Com estruturas de luz e som de última geração na época, foi a primeira vez que uma plateia recebeu iluminação.

Atrações

Em sua comemoração especial de 30 anos, o Rock in Rio investiu pesado em sua programação de 18 a 27 de setembro na cidade do Rock (Parque dos Atletas, Av. Salvador Allende ). Em uma área com mais de 150 mil metros quadrados, a estimativa é que o evento receba 85 mil pessoas em cada dia do festival. E as principais atrações serão: Rihanna, Katy Perry, Queen com Adam Lambert, System of a Down, Slipknot, Metallica, Rod Stewart, Faith no More, John Legend, Korn, Deftones, Steve Vai, Seal, Elton John, Mötley Crüe, Royal Blood e Queens of the Stone Age.

Este ano a tirolesa ganhou uma nova estrutura. Agora escadas giratórias permitem uma vista de 360º da Cidade do Rock. A montanha russa também passou por modificações e virá com um “looping” diferente das edições anteriores e a roda gigante irá adaptar uma de suas gôndolas para pessoas com deficiência.

O tema da Rock Street deste ano será “Brasil” e o palco terá formato de um dos símbolos do país: os Arcos da Lapa no Rio, tendo o bonde de Santa Teresa – que passa por cima dos arcos – representado no local. Também foi montada uma capela onde sete casais vão se casar. Um em cada dia de Rock in Rio.

Transporte

Os visitantes contarão com um novo esquema de transporte. O BRT será o único transporte a seguir até a porta do evento, onde haverá uma estação temporária nomeada Cidade do Rock. O passageiro deverá embarcar no Terminal Alvorada na Barra da Tijuca, onde receberá uma pulseira. Sua distribuição será feita em uma catraca especial no próprio terminal, próximo ao estacionamento da Cidade das Artes.

O custo do bilhete (ida e volta) é de R$ 7,80 (tarifa de R$ 6,80 + R$ 1,00 do cartão) para quem não possui cartão Riocard. O passageiro poderá restituir este R$ 1,00 desde que devolva o cartão após o uso. A compra pode ser feita antes do evento em qualquer loja da RioCard ou nos dias de shows no subsolo do Terminal Alvorada. Quem chegar ao Terminal Alvorada de BRT paga apenas mais R$ 3,40 para garantir a viagem especial de volta do Rock in Rio.

A viagem terá tempo médio de 20 minutos pelo corredor Transcarioca cujo total de faixa exclusiva é de 15 quilômetros. Entre 14h e 19h, horário considerado de pico, o intervalo entre os ônibus para o Rock in Rio será de 3 minutos, mesmo intervalo previsto para volta, entre 0h e 4h.

Além do BRT, haverá linhas regulares de ônibus circulando pela região porém somente o BRT deixará o passageiro em frente á Cidade do Rock.

Compartilhe

COMENTE SOBRE A MATÉRIA